domingo, 26 de julho de 2009

Haja nível!

Entre as chuvas, nevoeiros abusivos e humidade a roçar os 100%, há dias bons! E aí a malta desforra-se com comidinhas na rua, praiadas, piscinadas, mergulhos e esplanadas. Porque algures na ilha, há sempre um canto ensolarado!... ou pelo menos queremos acreditar que sim!

E aqui se prova com esta foto, que a Horta até pode estar enterrada nas nuvens enquanto rogamos pragas e ameaçamos o S.Pedro, mas nós é que estamos no sítio errado, à hora errada.




No porto do Salão, super piscina! Até podíamos estar nas ilhas gregas ou qualquer coisa do género, não é? Ah!Ah! E a água num caldo, que é para ver se não temos saudades da Arrábida.



Batista marinheiro, em dia de golfinhos e cachalotes!


Almocinho à porta da casa. Ementa: Encharéu na brasa, salada bruta com alface, tomate, beterraba, mozzarela e aipo, e maçaroca de milho na brasa com mateiga, como ditam os cotas de cá. Estreámos neste dia 3 novos ingredientes na nossa cozinha: o aipo, a beterraba e o milho à maçaroca. Todos eles aprovados... mas nenhum é da nossa horta. Por falar nessa, está a ser violada pela praga do escaravelho japonês. Os senhores do veneno"Eureca - anti-lesma" não querem inventar um "Eureca - anti-escaravelho japonês", não?...



Esta foi outra ementa à la Batista. É que recebemos dois livros de receitas, um só de peixe e outro daquele cozinheiro meio badalhoco mas muita bom, o qualquer coisa Oliver! Muuuuito bom!!!

Para além disto, as ilhas estão em festa. Há emigrantes e calafões com fartura, turistas brancos c'má cal, sinos e foguetes, procissões e copos, favas e asinhas de frango, chicharrinhos e chamarritas. Os Bandarra abriram a tournée e lá vai tudo prá festa cantarolar as músicas que já sabemos de cor! O último a que fomos foi aqui ao pé de casa, junto à praia, e estava uma noite quente de murraça non-stop. Era lindo o à-vontade de todos a levar com o clima, cada um mais gordurosito que o outro, com os cabelitos oleosos e lustrosos a saltitar ao som da modinha! Oh yeah!

2 comentários:

kata disse...

amiga...que saudades disso...acredita e vossas, mas essas vou matar em breve, pois o tempo passa rápido. Faz agora um ano que aí pousei...o tempo passa...!Já vi que vocÊs continuam sem se perder. Um beijo enorme aqui do continente, que continua igual, a não ser uma rotunda que es~tão a fazer depois dos semáforos da quinta do anjo, depois dos bancos e antes dessa bela localidade-portais da arrábida:)

António disse...

Oi maninho olha temos de provar essa tua nova receita é de fazer inveja eu e a mãe já temos saudades do encharéu.. Beijos